quinta-feira, 27 de novembro de 2014

10 práticas/atitudes saudáveis para se trabalhar no R

#Oi pessoal, recentemente fiz um curso magnífico de R com o excelente #doutorando e amigo Pavel Dodonov, e gostaria de compartilhar 10 #práticas/atitudes saudáveis para se iniciar um script no R que aprendi #apanhando ao longo do tempo:

#1. remover todos os objetos, é uma prática saudável de vez em quando!

rm(list=ls())

#2. o USO DO IGUAL "=" e da setinha "<-": uma coisa é igual a outra? nem #sempre!


c(1,2,3)-> a #entende e funciona espelhado
a<- c(1,2,3)

a=c(1,2,3)
c(1,2,3)=a #não funciona espelhado!

#3. tenha um sistema de nomes, qual é o nome do seu objeto mais importante? #Eu gosto de "dados", o Pavel gosta de "coisa".

#4. os exemplos do help podem ser grandes amigos, se você não entende como #uma função funciona!

#5. default quer dizer= padrão! É o que o programa/função vai considerar/fazer #automaticamente, caso você não mexa nas configurações/argumentos. Se você #quer saber quais são os defaults da função, digite o nome da função:
#exemplo:

rnorm

#function (n, mean = 0, sd = 1) média zero, desvio padrão um!
#.External(C_rnorm, n, mean, sd)
#<bytecode: 0x000000001027ffd8>
#<environment: namespace:stats>

#6. O comando str(dados) é muito útil para ver se você importou seus dados #corretamente!

#7. Se você estiver trabalhando no seu script no Windows, aperte control+R para #mandar rodar seu código. Se você estiver em um Mac, use command+enter.

#8. Lembre-se sempre de revisar comandos grandes:  Duas principais fontes de #erro: ou escreveu o nome errado, ou o tipo de

#objeto não é aquele vc pensava. Quanto mais vezes você der control+R #cegamente, maior será sua frustração e irritabilidade.

#9. não subestime o tempo para fazer um gráfico. Não basta fazer bem a análise, #tem que comunicar bem o seu achado!


#10. A maioria das pessoas que se consideram "Normais" não conseguem ficar 8 #horas seguidas mexendo no R, então encontre seu tempo ótimo. Quando sentir #que a quantidade de erros seguidos é bem maior que acertos, não bata a cabeça #no teclado!

#Salve tudo.. e relaxe, faça um alongamento, planeje seus próximos passos e vá #com deus! Outra opção ótima é procurar a resposta para seu problema em #fóruns (há vários!!!), começando sempre pelas palavras chave do seu problema #no querido Google!

#E você, tem alguma boa prática que acha que todo mundo deveria pelo menos #saber que existe? Compartilhe, pois o R dominou o mundo dos ecólogos!

##"Em terra de bigdata, quem sabe R é rei!"##